ANTIPRINCESAS

Por que sempre que nos falam de história, nos contam sobre mulheres e homens “importantes”? Importantes como as princesas tão bem vestidinhas que não podem sair para brincar e se sujar? Ou importantes como os super-heróis e seus superpoderes que estão tããão longe da gente? Algo assim, mas não: quando aqui dizemos “importantes”, estamos falando de quem se sujou para crescer e se divertir, de quem não ficou esperando sentado e de quem também usou superpoderes, mas outros: ter a coragem de fazer algo mais, procurar entender o mundo de outra maneira, saltar obstáculos e deixar uma obra que está além de qualquer tempo. Assim, começamos a tecer estes livros, pequenos ou grandes percursos de desenhos e palavras, para contar histórias que merecem ser contadas.

ANTI-HERÓIS

Chegam os Anti-Heróis para seguir colocando a história que nos contaram de cabeça para baixo. Esses são homens reais (assim como nossas mulheres, antiprincesas) que fizeram coisas fora do comum.

LIGA DE ANTIPRINCESAS

Embarcamos em uma nova aventura, a de contar histórias de mulheres reais mas, esta vez, que lutaram todas juntas pelas causas justas. Porque muitas guerreiras fizeram parte da história da nossa América Latina, mulheres que lutaram pela independência, federalização dos países e pelos direitos dos povos nativos.

Frida Kahlo
Violeta Parra
Juana Azurduy
Clarice Lispector
Gilda
Julio Cortazar
Eduardo Galeano
Che Guevara

LIVROS PUBLICADOS

SELECIONE O IDIOMA

DEPOIMENTOS